Dose adicional Viajantes ao Exterior

Área exclusiva para o agendamento de Dose Adicional Viajantes ao Exterior,
que tenham esquema vacinal completo com o imunobiológico Sinovac/Butantan e
tenham como destino países cujos órgãos regulatórios não incluíram este imunizante até o momento na sua lista de vacinas autorizadas.

 

Quem são as pessoas que podem agendar, neste momento, a Dose Adicional?

  • Viajante ao exterior, com 18 anos ou mais, vacinados em Campinas, exclusivamente para aqueles que receberam a 2ª Dose há mais de 28 dias e que tomaram Coronavac/Sinvac/Butantan. Neste caso, obrigatório comprovante de vacinação em um dos Centros de Imunização ou Centros de Saúde na cidade de Campinas e é obrigatório apresentação de documentação que comprove a viagem (bilhete de transporte aéreo, portuário emitido), além de documento que comprove a exigência do país a um imunobiológico específico ( documento emitido por consulado do país, via site).
  •  ATENÇÃO 1: Conforme 28ª atualização do Documento Técnico Campanha de Vacinação contra a covid-19 CVE, salientamos que a dose adicional poderá ser realizada em viajantes ao exterior, nos casos de pessoas que tenham esquema vacinal completo com o imunobiológico Sinovac/Butantan, e tenham como destino países cujos órgãos regulatórios não incluíram este imunizante até o momento na sua lista de vacinas autorizadas. Esclarecemos que até o presente momento não há contraindicação de realização de dose adicional para gestantes ou puérperas, desde que essa seja realizada com as vacinas da Pfizer.
  • ATENÇÃO 2:  *Não é indicada a realização de “nova” dose adicional, ou seja, mais de uma dose adicional, em casos de pessoas que já tenham esquema vacinal completo e que já tenham procedido com dose adicional de imunobiológico que no momento ainda não conste na lista de vacinas autorizadas pelo país de destino do viajante.

Como saber em qual data a pessoa pode agendar a Dose Adicional?

Cálculo: a data da 2ª Dose (ou dose única) somando 28 dias.

Exemplo: Se recebeu a 2ª Dose em 05/11/2021 + 28 dias = Dose Adicional será permitida a partir de 02/12/2021.

OBS: Para quem já tem o cadastro de agendamento neste site, quando informar o CPF, o sistema vai calcular automaticamente se o CPF está autorizado ou não para agendar a Dose Adicional.

Vide tabela 5 do documento técnico ( ver documento )

Qual vacina será aplicada na dose adicional?

A escolha da vacina será feita pela equipe técnica de saúde, no momento da vacinação, considerando o documento do país de destino apresentado pelo candidato e a depender da disponibilidade da vacina no município na data do agendamento.

É obrigatório comprovar no dia da vacinação:

1. Que fez o agendamento neste grupo: Dose adicional viajantes ao exterior e esquema de vacinação completo com Sinovac/Butantan há mais de 28 dias; e

2. Que a pessoa agendada tem 18 anos ou mais. Apresente CPF e documento com foto; e

3. Se a pessoa agendada recebeu a 2ª Dose há mais de 28 dias em Campinas: Obrigatório apresentar comprovante de vacinação oficial com as duas doses de Sinovac/Butantan em um dos Centros de Imunização ou Centros de Saúde na cidade de Campinas (em papel ou digital).

4. Se a pessoa agendada recebeu a 2ª Dose há mais de 28 dias em outro município de São Paulo ou outro estado, é obrigatório:

  • apresentar comprovante de vacinação oficial (em papel ou digital).
  • apresentar comprovante de que mora OU trabalha em Campinas. O comprovante de residência deve ser preferencialmente em nome da pessoa a ser vacinada; ou em nome do marido-esposa-companheiro (a), desde que comprove o parentesco.

5. Se a pessoa agendada tem comprovação de viagem ao Exterior e tem como destino países cujos órgãos regulatórios não incluíram este imunizante até o momento na sua lista de vacinas autorizadas:

  • apresentar comprovante de viagem – apresentação da emissão da passagem por transporte aéreo, terrestre ou portuário, por meio digital ou impresso, em nome do candidato a receber a dose adicional.
  • apresentar documentação comprobatória de qual vacina é aceita no país de destino.

Esclarecimentos:

1. Se a pessoa agendada teve diagnóstico confirmado para covid-19 no período de 30 dias que antecedem o agendamento OU estiver com sintomas gripais justamente na data do agendamento, a vacina adicional não poderá ser aplicada. Nestes casos, deve fazer o reagendamento no site. Escolha uma data para após os sintomas acabarem; exemplo de sintomas: febre, calafrios, dor de garganta, dor de cabeça, tosse, coriza, distúrbios olfativos ou gustativos (não sentir cheiro ou gosto), diarreia, rinorreia (corrimento nasal).

2. Na sala de vacinação a equipe técnica fará a confirmação no banco de dados oficial para checagem de todas as informações. A vacinação será autorizada exclusivamente para aqueles que cumprirem todos os critérios.

3. Em consonância com os Programas Nacional e Estadual de Imunização, a escolha da vacina será feita pela equipe técnica de saúde, no momento da vacinação, considerando o documento do país de destino apresentado pelo candidato e a depender da disponibilidade da vacina no município na data do agendamento.